Arquivo do mês: Março 2018

PRÊMIO AUREMN EM RESSONÂNCIA MAGNÉTICA 2018

Fábio C. L. Almeida – Presidente da AUREMN


Prezados membros da comunidade de Ressonância Magnética no Brasil:
Como todos sabem, são objetivos da Associação de Usuários de Ressonância Magética (AUREMN), congregar e defender os interesses de todos os profissionais associados que se dediquem a atividades em ressonância magnética (RM); Estimular a pesquisa científica e tecnológica em RM; Promover, da mais ampla e liberal forma, o progresso da RM; Instituir prêmios que estimulem o desenvolvimento da RM; Difundir o uso da técnica de RM; Realizar, periodicamente, congressos, simpósios, cursos e similares, dentre outros.

Desde a sua fundação em 1988, a AUREMN vem atuando ininterruptamente, para a difusão e o avanço científico/tecnológico desta técnica no Brasil.

Em 2011, a AUREMN criou o Prêmio AUREMN em Ressonância Magnética, como uma forma de estímulo a excelência em pesquisa no Brasil nesta área. O prêmio é concedido a pesquisadores que se destacam pela sua atuação, produção. excelência e liderança científica, que tenham claramente destacado a importância e proporcionado o desenvolvimento da RM no país.

O prêmio AUREMN é dado a cada 2 anos durante as Jornadas de Ressonância Magnética. O ganhador, durante a premiação, faz uma apresentação oral de 30 minutos, descrevendo suas principais contribuições para o desenvolvimento da RM e as suas principais conquistas.

Três pesquisadores já foram agraciados com o prêmio AUREMN:

  • 2012 – Dra. Sonia Cabral Menezes Cabral (CNPES-Petrobras-RJ), por sua contribuição científica em análise de petróleo usando RMN de sólidos e pela sua liderança científica que levou a fundação e consolidação da AUREMN.
  • 2014 – Dr. Luís Alberto Colnago (EMBRAPA-São Carlos), por sua contribuição no desenvolvimento de espectrômetros de RMN e sequências de pulso usados em sementes e produtos agrícolas. O seu trabalho tem alto impacto na agroindústria brasileira.
  • 2016 – Prof. José Daniel Figueroa Villar (IME-RJ), por sua contribuição em Química Medicinal utilizando RMN e pela sua liderança científica que levou à fundação e consolidação da AUREMN.

Esta premiação é concedida ao pesquisador com maior votação entre todos os associados da AUREMN e é conduzida em 2 fases:

1ª fase – indicação de nomes pela comunidade de RM. Os 5 pesquisadores com maior número de indicações irão a votação em segundo turno.

2ª fase – votação em segundo turno. O pesquisador mais votado será vencedor do prêmio. Nesta fase somente os associados ativos (em dia com a anuidade 2018) da AUREMN poderão votar.

Estamos iniciando o processo de escolha do Prêmio AUREMN 2018.

Assim, observando as características mencionadas acima, gostaríamos da participação de toda a comunidade de RM do Brasil nesta 1ª fase, indicando 01 (um) nome de pesquisador brasileiro para receber o Prêmio AUREMN 2018. As indicações deverão ser enviadas para o e-mail: premio@auremn.org até o dia 15 de abril de 2018.

Atenção: Apenas 01 nome poderá ser indicado por participante.

Os 05 (cinco) nomes mais indicados passarão para a 2ª fase e novas instruções para votação serão enviadas.

Não deixe de participar! Sua participação é muito importante para o fortalecimento da nossa comunidade, da AUREMN e do desenvolvimento da RM em nosso país.